ÚLTIMAS POSTAGENS:

Saiba reconhecer e comprar queijos refinados

14 fev

Os queijos suíços são famosos em todo o mundo, mas pouca gente sabe as características deles e como usá-los corretamente. Por isso resolvemos dar algumas dicas de dois dos queijos mais famosos de origem suíça. Vamos lá?

Queijo Emmental: é um queijo amarelo, duro e com grandes buracos característicos. Ele tem um sabor picante, mas não muito forte. Geralmente é conhecido apenas como queijo suíço. O aroma do queijo jovem, até 3 meses, é suave, ligeiramente adocicado e frutado, com sabor de nozes. Os queijos mais curados, de 4 a 5 meses, são mais fortes e picantes. O emmental é fabricado com leite cru de vaca e cada peça tem de 60 kg a 130 kg. A casca natural é fina e dura, com uma cor bege-amarelada. Ele é usado para gratinados (ralado) e no preparo de fondue. Experimente incluí-lo no preparo de omeletes ou ralado sobre batatas cozidas, temperadas com ervas e azeite de oliva e levadas ao forno para gratinar. Fica bom, ainda, em sanduíches.

Queijo Gruyère : o nome vem da cidade de Gruyères na Suíça. Ele é duro, amarelo e levemente salgado e picante. Quando totalmente maturado (três a doze meses) tende a ter pequenos buracos. Seu sabor é mais forte do que o emmental e sua textura mais cremosa. É fabricado com leite cru de vaca e cada peça tem de 20 kg a 45 kg. A casca natural é dura, seca e de cor castanho-ferrugem. O Gruyère é ótimo para gratinar, ralar e no preparo de fondue. Experimente incluí-lo em sanduíches quentes (misto ou bauru), em legumes gratinados, em sopas e molhos à base de queijo. Experimente preparar filé de frango recheado com fatias de gruyère e presunto, depois empanado e frito.

Gostou das dicas? Se prepare que logo vamos falar de outros queijos e modos de deixar o preparo e o sabor das suas refeições ainda melhor. Aproveite e visite a unidade do Piquiras mais próximo e confira nossa variedade de queijos.